Lucas Kotoyanis: os tentáculos velados do 25º deputado distrital

Por Mino Pedrosa

A avenida central da cidade do Paranoá, Distrito Federal transformou-se em passarela para a população assistir ao desfile da gazela drogada, retrato de uma administração que atende os mandos dos padrinhos no governo de Ibaneis Rocha (MDB-DF). Lucas Kotoyanis considerado o 25º deputado distrital indicou o administrador, na sua cota, cobrada como fatura pelo apoio à candidatura do então candidato Ibaneis Rocha. Sérgio Damaceno é considerado um administrador passivo que atende as ordens de Kotoyanis principalmente na contratação de empresas prestadoras de serviços à administração.

Lucas Kotoyanis o considerado 25º deputado distrital

Damasceno já ocupou a cadeira de administrador em outros governos, sempre submisso aos padrinhos. No Paranoá os moradores e comerciantes já conhecem o comportamento do administrador quando o sol se põe. Não se deve questionar a opção sexual de ninguém, mas, o exemplo que um administrador de uma cidade deve passar para os moradores é de respeito, responsabilidade e compromisso com o bem-estar da comunidade.

Sérgio circula nas vielas do Paranoá durante a noite visitando as principais bocas cumprindo uma rotina. Monitorado por seus adversários foi filmado em situação deplorável em cenas de atentado violento ao pudor e aliciamento de menores. Nesta quinta-feira adversários denunciaram o administrador Sérgio Damasceno ao MP pedindo uma auditoria minuciosa nos contratos de empresas prestadoras de serviços na administração do Paranoá, suspeitas de superfaturamento. Com isso, Lucas Kotoyanis, o padrinho, ganha mais um degrau nas investigações que o MPDFT vem fazendo na Câmara Distrital. Na manhã desta quinta-feira (01), começou a circular o vídeo nas redes sociais e de pronto Lucas Kotoyanis partiu para abafar o escândalo.

Assista ao vídeo: