O gol mais bonito da Copa da França é do Brasil

Apesar de sair da Copa da França na primeira fase do mata-mata, a Seleção Brasileira conquistou um título para lá de especial para uma atacante veterana que começou voando no Mundial. Como se não bastasse marcar três gols na estreia do Brasil, Cristiane ainda levou para casa o troféu do gol mais bonito da competição. O gol de cabeça marcado pela artilheira brasileira no Mundial, contra a Austrália, em um jogo da fase de grupos, venceu outros nove que estavam na disputa.

Uma bela cabeçada de Cristiane, que se adiantou em relação à marcação da zagueira, rendeu o gol mais bonito do Mundial. Mas a jogada toda que originou o gol foi linda, a começar pela caneta dada por Tamires na lateral esquerda. Após deixar a adversária desconsertada, Tamires passou para Debinha chegar com velocidade ao fundo do campo e cruzar na cabeça da camisa 11. O gol ajudou o Brasil a abrir 2 x 0 de vantagem sobre a Austrália ainda no primeiro tempo. Depois, porém, a Seleção Brasileira sofreu a virada, amargando a derrota por 3 x 2.

“Ganhamos p*** (desculpa o palavrão, mas estou muito feliz). Quando digo que ganhamos é porque precisei de todas as meninas em campo me ajudando com isso, precisei também do voto de cada um de vocês para dar certo. Muito obrigada por isso, e seguimos na luta tentando ganhar mais e mais prêmios que enalteçam nossa modalidade”
Comemorou Cristiane

E olha que não faltaram concorrentes. Ao todo, 146 gols foram marcados em 52 jogos disputados na Copa da França. O Mundial teve uma média de quase três gols por partida (2,8 gols). Apenas nove deles foram selecionados para que o publico decidisse por meio de votação online o mais bonito. A eleição contou com mais de 300 mil votos.

Cristiane terminou a Copa da França com quatro gols, somando 11 nas cinco participações da atacante no torneio. Com a façanha, a camisa 11 do Brasil figura como a quinta maior artilheira da Copa feminina, ao lado da chinesa Sun Wen e da alemã Bettina Wiegmann, todas com 11 gols. A frente delas nessa briga há apenas outras quatro jogadoras: a craque brasileira Marta (com 17 gols), a alemã Birgit Prinz (14) e as norte-americanas Abby Wambach (14) e Michelle Akers (12).

 

 

Fonte: Quidnovibrasil/Correio Braziliense