Rede de intrigas fazem Ibaneis Rocha trocar secretário de agricultura

Um embate entre os gestores na área de Agricultura levou à exoneração do zootecnista Dilson Resende de Almeida como titular da pasta. O secretário executivo, Luciano Mendes da Silva, vai assumir o cargo. O governador Ibaneis Rocha (MDB) faz muitos elogios a Dilson, um técnico experiente no setor rural do DF, mas diz que precisava de uma equipe afinada, sem conflitos, porque o setor é uma das prioridades neste ano. O conflito ocorreu entre Dilson Resende e a presidente da Emater, a advogada Denise Fonseca. Amiga do governador Ibaneis Rocha, ela não aceitava a liderança do secretário, segundo relato de integrantes do governo.

A nomeação de Dilson Resende foi uma construção. Há 30 anos no setor, ele foi secretário-adjunto de Agricultura e é funcionário de carreira da Emater. Como trabalhou em governos de Joaquim Roriz, José Roberto Arruda e Rodrigo Rollemberg, tem muitos contatos na política. Uma das indicações partiu de Rose Rainha, diretora de Administração e Finanças do Sebrae-DF, que acompanhou Ibaneis na campanha e integra a executiva nacional do MDB. Dilson também tem amizade com o
ex-presidente da Câmara Legislativa Joe Valle.

Luciano Mendes foi indicado para participar da equipe de transição na área de agricultura pelo advogado Marcelo Piauí, amigo pessoal do governador Ibaneis Rocha e atual administrador de Ceilândia. Luciano é casado com a ex-mulher de Piauí, Eleutéria Guerra Pacheco Mendes, presidente do Zoológico.

Ao deixar o governo, Dilson Resende afirma que sai tranquilo e ainda confiante no trabalho do governador Ibaneis Rocha. Ele não quis comentar a exoneração e apenas disse que foi melhor sair. “Só posso dizer que foi uma honra trabalhar com ele (Ibaneis). Foi uma experiência incrível. Lutei pela eleição dele e continuo acreditando e torcendo no sucesso da gestão”, afirmou Dilson.

Fonte: Quidnovibrasil/Correio Braziliense