Secretaria de Saúde do DF: o amor é lindo, mas, o poder foi mais sedutor

Por Mino Pedrosa

Japonês abra os olhos! Esse é o recado que Pâmela Araújo da Rocha, uma jovem de 23 anos, transmite para o secretário de saúde, Osnei Okumoto, nos momentos íntimos de alcovas. A Bela, deslumbrada pelo assédio do secretário se entregou aos encantos asiáticos, vislumbrando uma carreira meteórica. No dia 04 de janeiro de 2019 o Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) trouxe a nomeação de Pâmela como assessora especial do gabinete da Secretaria de Saúde (CNE7), o que fez a jovem acompanhar de perto a rotina do chefe, pessoal e profissionalmente.

Acontece que na polêmica licitação embargada pela justiça que gerou a demissão de 22 servidores, Pâmela, a que sabe de tudo e acompanha os movimentos do secretário suspeito de beneficiar a empresa alagoana que venceu a licitação fraudulenta, foi poupada por Okumoto que compartilhou segredos da relação de Ibaneis Rocha, Adeilson Loureiro Cavalcante e Francisco Araújo, sendo a ponta de lança do secretário. Os investigadores encontraram provas de fraudes explícitas com pagamentos de propinas pela BRA Serviços Administrativos.

A jovem circula nos corredores da SES-DF, impostando o título de primeira dama. Nos bastidores o comentário é que o secretário divide segredos com Pâmela que vem impedindo o governador Ibaneis Rocha (MDB-DF) de exonerar Okumoto e a namorada, mesmo sabendo que eles são os principais responsáveis pela fraude no certame.

A SES-DF abriga pessoas polêmicas conhecidas da justiça, Beatris Gautério de lima, é uma delas. O secretário de fazenda, André Clemente, emplacou Beatris como diretora do fundo de saúde, a dona do cofre e também o diretor do Instituto Hospital de Base (IHB), Francisco Araújo. André Clemente, considerado por Ibaneis como super secretário do GDF, tem assento também no conselho do IHB. Pergunta que não quer calar: “o que faz um secretário de fazenda tão enfronhado na gestão da Secretaria de Saúde? ”.

Voltando ao caso Okumoto, o governador Ibaneis Rocha vinha mantendo-o em fritura de fogo brando. Porém, ontem, não se sabe porquê? Ibaneis aumentou a chama capaz de chamuscar vários servidores da SES-DF. Enquanto isso, Pâmela da Rocha corre com o tempo para se livrar de mais uma tesourada prevista na eventual saída do secretário. A quem aposte que os segredos de Pâmela compartilhados com Osnei, que vem dando sobrevida ao casal e deve garantir a permanência da Jovem na SES-DF.

Na tesourada que Ibaneis deu nos 22 servidores em resposta a decisão judicial de suspender a licitação fraudada, o secretário aproveitou e incluiu na lista dos ceifados a cabeça de Jeziane de Sousa Cardoso, subsecretária da subsecretaria de infraestrutura da Secretaria de Saúde e prometendo o cargo para jovem namorada no futuro próximo. Okumoto disse a amigos ter uma “carta na manga” que revela as estreitas relações entre o governador Ibaneis Rocha, o ex-secretário executivo do Ministério da Saúde, Adeilson Loureiro Cavalcante e Francisco Araújo, diretor do Instituto Hospital de Base.

Okumoto anda seguindo os conselhos da namorada em manter os olhos bem abertos e está se sentindo seguro em compartilhar segredos com a Rocha.